FÉRIAS DE VERÃO WORKSHOP ARTES PERFORMATIVAS CRIANÇAS E JOVENS |

Em tempo de desconfinamento

Estamos focados na responsabilidade que será trabalhar com crianças e jovens em tempo de pandemia, assumindo medidas de segurança e cuidados extraordinários.

FÉRIAS DE VERÃO 2020 de 22 de Junho a 31 de Julho 2020

Com o apoio:

A Oficinas Teatro Lisboa abre as inscrições para o workshop de artes performativas para crianças e jovens férias de verão 2020. Um ano atípico, que segundo as previsões, será assim até ao final de 2020. As férias de verão de 2020 da OTL serão igualmente atípicas, diferentes, experimentais e desafiantes. 

As medidas de segurança para as crianças e jovens serão asseguradas desde o primeiro ao último dia, com uso obrigatório de máscaras e viseiras fornecidas pela OTL, bem como, o uso de álcool gel sempre que necessário e a limpeza do espaço com regularidade. A dinâmica de trabalho será este ano diferente, desde logo, pela redução de número de inscrições que permitiremos por turma semanal. Esta redução deve-se a medidas de segurança sanitárias. 

 

Objectivos:
Dinamizar novas experiências, promover e encontrar apetências artísticasnoções teóricas e práticas das artes performativas e apresentação/performance teatral.

Programa:
As aulas baseiam-se na interação entre todos os participantes, partindo de algumas estratégias que potenciam o desenvolvimento pessoal. Trabalha-se a voz falada, a respiração, a expressão das emoções e sensações e o desenvolvimento interpessoal, explorando a distinção entre o meu corpo e o do outro, percepcionando as emoções dos outros através do envolvimento e confiança no grupo. Estuda-se textos e a criação de uma performance final.

Nota: Este workshop é uma ação de formação que fornece técnicas para o desenvolvimento artístico e pessoal, torna-se assim, fundamental que os participantes tenham consciência do grau de envolvimento e disponibilidade para o trabalho.

O workshop de artes performativas para crianças e jovens será realizado noutro espaço, a Casa do Artista, como sucessão à Tapada da Ajuda, espaço onde permanecemos durante 6 anos, substituindo, o Museu da Água, Palácio da Independência, Teatro da Luz e a Tenda de Circo.

Local de Formação:
Casa do Artista
Estrada da Pontinha nº7 1600-584 Lisboa – Carnide.
Facilidade de acessos à Casa do Artista através de carro, metro e autocarro.
(Próximo do Centro Comercial Colombo e Hospital da Luz)

Horário:
Das 9:00 às 18:00, de segunda a sexta-feira.

Nota: A tolerância antes do horário da entrega e recolha dos jovens é de 10 minutos.
No último dia do workshop haverá uma apresentação final, que será a mostra do trabalho produzido toda a semana.  Para esta performance cada aluno, poderá convidar 2 pessoas para assistir ao trabalho final. A performance final será às sextas-feiras das 17:00 às 18:00.

Datas:
O workshop tem duração de 5 dias, poderá escolher de entre as seguintes semanas:

Semana 1 – De 22 a 26 de Junho 2020

Semana 2 – De 29 de Junho a 3 de Julho 2020

Semana 3 – De 6 a 10 de Julho 2020

Semana 4 – De 13 a 17 de Julho 2020

Semana 5 – De 20 a 24 de Julho 2020

Semana 6 – De 27 a 31 de Julho 2020

Público alvo:
Dos 7 aos 16 anos.

Refeições:
Deverão levar lanche da manhã e tarde, bem como, o almoço. Temos instalações com as devidas condições para aquecer os respectivos alimentos. Durante as refeições os jovens serão igualmente acompanhados pelos formadores.

Para iniciar o processo de inscrição deverá solicitar a ficha através do seguinte email: 

geral@oficinasteatrolisboa.com 
As vagas são ocupadas pela chegada das fichas de inscrição preenchidas.

Após recepção da inscrição serão contactados para formalização da mesma.

Preço:
€ 145,00
Nota: Este ano excecionalmente não teremos possibilidade de aplicar descontos, dados que estaremos a realizar o workshop com número de reduzido de participantes.

Formadores:
Catarina Gonçalves
 Desde a sua estreia em televisão em 2003,  participou em séries e telenovelas – Ana e os 7, Morangos com Açúcar, Mistura Fina, Serranos, Bando dos 4, Tu e Eu, Floribela, Chiquititas, Feitiço de Amor. No teatro em 2015 protagonizou o monólogo Galgar Com Tudo Por Cima De Tudo de Fernando Pessoa e Álvaro de Campos no Teatro da Trindade na Sala Principal (reposição).  Participou em A Vida é Sonho de Pedro Calderon De La Barca (Nov. e Dez de 2014) encenado por João Rosa, ainda em 2014 levou o monólogo por si interpretado ao pequeno auditório do Rivoli Teatro Municipal no Porto e à sala do Teatro Sá Da Bandeira em Santarém. Em 2013 estreia o monólogo Galgar Com Tudo Por Cima De Tudo de Fernando Pessoa e Álvaro de Campos na Comuna teatro de Pesquisa encenado por João Rosa. Em 2010 A Casa de Bernarda Alba Texto de Federico Garcia Lorca, no Palácio da Independência em Lisboa encenado por João Rosa. Participou também em O Professor de Darwin de Hélder Costa, no Teatrocinearte A Barraca; Antes de Começar de Almada Negreiros (digressão nacional); Desassossego de João Rosa e Catarina Gonçalves no IPJ Parque das Nações e digressão nacional.
Estreia-se em Teatro com a peça E Sexo? Não se Fala de Sexo? de Isabel Stilwell, no Teatro da Trindade.
Como locutora dá voz a inúmeros spots publicitários para rádio, televisão, cinema e internet. Foi voz institucional da Rádio Europa.
Dirige várias oficinas e workshops de teatro a crianças, jovens e adultos.
Nos últimos anos tem a seu cargo a direcção de actores do curso de formação de actores da Oficinas Teatro Lisboa na Casa do Artista.

João Rosa é actor e encenador. Começou no mundo do espectáculo em 1998 como assessor, assistente, e produtor de vários eventos de cariz cultural e comercial. Abordou teorias da cultura e estudos comunicacionais e perspectivas diversa da significação com o Professor Luis Carmelo, teve como professores e mentores nomes como Miguel Seabra, Sofia Neuparth, João Ricardo, Edward Fão entre muitos outros. Participou em seminários organizados pelo I.F.I.C.T. em colaboração com o instituto Internacional de Teatro Mediterrâneo. Aristófanes no seu contexto histórico com a Dra. Hélia Correia  (faculdade de letras de Lisboa). “Teatro e Educação Democrática” sob a orientação do Prof. José Monleón. Aulas teóricas e práticas cénicas sob a orientação do Prof. José Monleón e Adolfo Gutkin. A paixão pelo teatro foi ganhando forma através das mais variadas influências de grandes mestres do teatro contemporâneo como Stanislawski, Gordon Craig, Meyerhold, Antonin Artaud, Brecht, Grotowski, Eugênio Barba e Peter Brook, que são actualmente as forças motrizes de todo o seu trabalho. Encenou peças de cariz profissional de nomes como:  Bernardo Santareno“O Crime de Aldeia Velha”,Federico Garcia Lorca“A Casa de Bernarda Alba”,Carlo Goldonicom a peça “O Café” eAlmada Negreiroscom o texto Antes de Começar”.Peças de sua autoria, “Os Miúdos” uma reflexão sobre o sem abrigo, “Desassossego” uma comédia sobre as relações amorosas, “E sexo? Não se fala de sexo?” comédia para o sexo masculino, “Zé das Couves” uma personificação do Zé-povinho. Trabalhos encenados de cariz experimental, “A varanda de Frangipani” Mia Couto adaptação teatral de sua autoria, “Peer Gynt” Henrik Ibsen, “A vida é sonho” de Calderon de La Barca adaptação teatral de sua autoria. Dirigiu o Fórum Cultural de Alverca nos anos de 2001 a 2005 onde realizou somente peças de cariz experimental, programou e produziu mais de 60 espectáculos em sala e ao ar livre entre música, dança e teatro. Entre 2006 e 2009 trabalhou no Teatro Nacional São Carlos onde participou na Opera “Salomé”, “Die Walkure” de Richard Wagner e “Maria de Buenos Aires” opereta de Astor Piazzolla temporada 2006/07. “Siegfried”conjunto da tetralogia de Wagner temporada 2008/2009.

13 thoughts on “FÉRIAS DE VERÃO WORKSHOP ARTES PERFORMATIVAS CRIANÇAS E JOVENS |

  1. Uma semana intensa, muito desafiante para os participantes e que não esquecem! A minha filha participou pela segunda vez, passados cerca de 4 anos da primeira experiência no museu da água. Voltou a adorar e nós pais, ficámos mais uma vez surpreendidos e emocionados com o potencial das crianças e o que conseguem criar em apenas uma semana. Parabéns pelo vosso trabalho!🌞

    Gostar

  2. Parabéns pelo trabalho desenvolvido com as crianças em apenas uma semana.
    O trabalho final foi revelador do vosso empenho e do deles.
    O nosso filho adorou a experiência e quer repetir no próximo ano.
    Iremos reencontrar-nos com toda a certeza.
    Mais uma vez, obrigada por tudo, essencialmente por terem feito o nosso filho feliz (o brilho diário nos seus olhos foi qualquer coisa…. ).

    Gostar

  3. Gostei muito do trabalho final apresentado. Demonstrou bem o vosso talento e motivação ao abordar cerca de 10 crianças num espaço de tempo de 1 semana e fazerem uma peça com bastante qualidade.

    Menos bem esteve a origanização do evento, a hora escolhida para apresentação, e demora em começar o espetáculo.

    A Francisca Loureiro gostou imenso da experiencia e aprendeu bastante. ficou encantada.
    Obrigada por tudo.

    Os meus parabéns !
    Melhores cumprimentos, ~

    Isabel Loureiro

    Gostar

  4. Muito obrigado pela semana que proporcionaram à minha filha. Foi incrível o que fizeram num curto espaço de tempo, para quem nunca tinha tido qualquer experiência. Ela vinha encantada. Acho que para o ano, podem contar com a nossa filha. Espero que continuem!

    Gostar

  5. Parabéns pelo excelente trabalho que realizaram em apenas 5 dias.
    O resultado final apresentado no último dia aos pais ilustra muito bem a qualidade deste workshop que traduz o elevado nível de profissionalismo e dedicação da Catarina Gonçalves e do João Rosa às artes performativas. Aprendizagem e desenvolvimento de competências importantes para as relações interpessoais das crianças num ambiente de muita diversão e em plena natureza que deixou saudades e um compromisso de nova inscrição para o próximo ano!
    Sugiro que apostem mais na divulgação deste vosso trabalho, pois após longa procura deste tipo de atividades, foi por sorte que vos encontrei na internet. O que depender de nós, passaremos a recomendação desta boa experiência!

    Gostar

  6. As referências que tinha a respeito do Workshop de Artes Performativas eram as melhores. Ainda assim, fiquei surpreendida e agradada pela qualidade do trabalho que desenvolveram com os pequenos artistas. A ‘perfomance’ final foi poderosa e inesquecível, mas o processo para chegar lá foi ainda mais surpreendente, pois conseguiram motivar cada uma das crianças e dar-lhes confiança para se mostrarem de uma forma nova, superando medos e ansiedades. Foi uma alegria ver o meu filho Francisco, o campeão dos tímidos, a dançar em público!

    Gostar

  7. Parabéns pelo trabalho que desenvolveram com este grupo. É um trabalho que combina exigência com espaço para cada um se desenvolver ao seu ritmo. E em simultâneo com o elevado espírito de grupo e empatia entre a Catarina e o João e as crianças.
    Estou certa que a minha filha trouxe consigo muitas ferramentas que serão úteis para a sua vida e esta semana ficará na sua memória como uma experiência que vivenciou com muito trabalho e dedicação e também com muito prazer e alegria.
    Isto tudo realizado nesta época especial em que vivemos, garantindo escrupulosamente as regras de segurança.
    Para o ano, certamente, que voltará.

    Gostar

  8. Uma experiência incrível de desenvolvimento!
    As conquistas efectuadas numa semana são marcantes na esfera social, na responsabilidade, no sentido crítico… saber divertirem-se de forma tão construtiva. As minhas filhas vão pelo segundo ano e garantem que irão até atingirem a idade máxima para participação. Este ano assumiu um valor extra pelo seguir-se a um confinamento tão exigente numa pandemia tão desafiante!
    Profundamente grata
    Clara Mendes

    Gostar

  9. A semana foi incrível para o nosso filho com 7 anos: era preciso escrever e ler e decorar. Tudo tarefas ainda difíceis para ele. Mas a Catarina e o João ajudaram em todo o caminho, percebendo-o em três dias, como me parece que nem sempre o percebem na escola. Foi, assim, uma montanha russa de emoções, que culminou num sentimento de “consegui!”.
    A tarefa parecia dificultada ainda mais pelo facto de estarmos em fase de desconfinamento e ser obrigatório o uso de máscara e de viseira, mas esse tema nem foi abordado de tal forma o resto ultrapassava tudo e todos os dias surgiam novos sentimentos.
    Ficámos muito felizes e sensibilizados com o projeto em si, com a equipa, o profissionalismo, a atenção, os detalhes e com o espetáculo e o crescendo de emoções.
    Obrigada!

    Gostar

Deixe uma Resposta para Teresa Marques Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.