WORKSHOP LEITURAS ENCENADAS |

Workshop Leituras encenadas com o encenador João Rosa

6, 7, 13 e 14 de Março

Neste Workshop vamos explorar as potencialidades da voz e da leitura em voz alta. A partir de um género literário escolhido pelo formador, inicia-se o processo de reavivar o prazer pela leitura e superar a barreira entre ler para nós e ler para os outros. 

A partir da leitura expressiva vamos dar voz e corpo às palavras escritas e perceber a força das palavras ditas e interpretadas.
Palavra na boca, palavra na cabeça e melhorar a escuta.
As Palavras precisam de corpo e os livros precisam de vida.

Foto 3

Publico alvo: 
Estudantes de representação, curiosos, apaixonados pela leitura, simples aventureiros.

Dias:
6, 7, 13 e 14 Março 2020

Foto 1

Horários: 
Sextas-feiras das 20h:00 às 23h:00.
Sábados das 15h:00 às 18h:00.

Programa:
As sessões iniciam-se com um ligeiro aquecimento vocal, de forma a que no seguimento da sessão se possa usar a voz em qualidade e forma mais livre;

A importância da voz e sua articulação;
Estudo das personagens e suas intenções;
Trabalha-se a palavra, adquirindo voz, corpo e dinâmicas espaciais.

Metodologia:
Essencialmente prática.

Foto 2

Total de horas:
12H.

Preço da ação:
110,00€

Formador:

SONY DSCJoão Rosa é actor e encenador. Começou no mundo do espectáculo em 1998 como assessor, assistente, e produtor de vários eventos de cariz cultural e comercial. A paixão pelo teatro foi ganhando forma através das mais variadas influências de grandes mestres do teatro contemporâneo como Stanislawski, Gordon Craig, Meyerhold, Antonin Artaud, Brecht, Grotowski, Eugênio Barba e Peter Brook, que são actualmente as referencias de todo o seu trabalho. Encenou peças de cariz profissional de nomes como: Fernando Pessoa e Álvaro de Campos numa adaptação livre “Galgar com tudo por cima de tudo”  Álvaro de Campos “Ode Marítima”, Bernardo Santareno “O Crime de Aldeia Velha”, Federico Garcia Lorca “A Casa de Bernarda Alba”, Carlo Goldoni com a peça “O Café” e Almada Negreiros  “Antes de Começar”. Peças de sua autoria, “Os Miúdos” uma reflexão sobre o sem abrigo, “Desassossego” uma comédia sobre as relações amorosas, “E sexo? Não se fala de sexo?” comédia para o sexo masculino, “Zé das Couves” uma personificação do Zé-povinho. Trabalhos encenados de cariz experimental, “A varanda de Frangipani” Mia Couto adaptação teatral de sua autoria, “Peer Gynt” Henrik Ibsen, “A vida é sonho” de Calderon de La Barca adaptação teatral de sua autoria entre muitos outros autores.
Dirigiu o Fórum Cultural de Alverca nos anos de 2001 a 2005 onde realizou somente peças de cariz experimental, programou e produziu mais de 60 espectáculos em sala e ao ar livre entre música, dança e teatro. Entre 2006 e 2009 trabalhou no Teatro Nacional São Carlos onde participou na Opera “Salomé”, “Die Walkure” de Richard Wagner e “Maria de Buenos Aires” opereta de Astor Piazzolla temporada 2006/07. “Siegfried”conjunto da tetralogia de Wagner temporada 2008/2009.

Para informações:
geral@oficinasteatrolisboa.com
ou

Tel: 934 512 418

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.